14 janeiro 2010

Será o leite o melhor alimento?

Eu odeio leite. Demoro horas para comer um iogurte natural, porque me farto do sabor a meio. Adoro todo e qualquer tipo de queijo :)

Durante toda a minha vida, sempre fui uma fraca adepta de leites e iogurtes. Bebia leite 2x por dia porque a minha mãe me obrigava. Estranhamente, tenho uma estrutura óssea larga e nunca parti nada.

Entretanto, o mundo científico perde-se na discussão 'leite de vaca versus leite de soja'. Concordo que é completamente anti-natural sermos o único mamífero que depois de adulto ainda bebe leite, leite esse que é de outro mamífero! Por outro lado, substituir um alimento mau (cuja única vantagem é ter cálcio) por uma pasta vegetal com menos de metade do cálcio, não me parece minimamente inteligente.

Outra discussão interessante é a relação 'leite <=> osteoporose'. Parece não haver uma correlação entre a quantidade de leite bebido e a osteoporose, em parte porque existe uma coisa chamada absorção de cálcio. Ou seja, não basta sabermos quanto cálcio estamos a ingerir, é preciso saber quanto estamos a absorver e ainda quanto estamos a excretar.

E quando se fala em osteoporose há mais factores envolvidos... Acontece que a menopausa traz consigo uma menor capacidade para absorver o cálcio, já para não dizer que com a idade as pessoas vão desenvolvendo uma resistência cada vez maior à lactose (isto porque o nosso corpo está feito para irmos deixando de beber leite, à medida que crescemos).

A única coisa em que os cientistas parecem concordar é que diferentes alimentos têm diferentes taxas de absorção de cálcio e a taxa do leite, nem sequer é a melhor de todas. Ora vejamos:
Vegetais verdes-escuros: 50-70%
Leite: 32%
Frutos secos: 29%
Feijões: 17%

E afinal, depois de não asorvermos o cálcio todo dos alimentos, ainda deitamos algum fora:
1. a proteína animal (carne, galinha, peixe e ovos) provoca a excreção de cálcio pela urina;
2. 1.000 mg de sódio fazem com que 20mg a 40mg de cálcio se percam pela urina.

E para finalizar, mais uns dados interessantes: uma casca de ovo contém 2400 mg de cálcio (mais do que em 2 litros de leite), 100g de amêndoas têm 900mg de cálcio e um copo de leite apenas 290mg. Um adulto tem uma necessidade diária de 1000mg de cálcio.

Conclusão? Não sei ainda, estou só a analisar dados e a pensar em soluções para a minha aversão ao LEITE!

2 comentários:

mllissa disse...

Também já li bastante sobre isso, apesar de gostar tanto de leite e iogurtes, mas também fico sem saber. Uns dizem uma coisa outros outra.
Se chegares a alguma diz, tá? ;)

Branquinha disse...

Bem, não gosto mt de leite, mas de iogurtes sim! Qt às suas consequências, não há consenso pelo que se tu não gostas. não bebas ;)

Postar um comentário